avião de carga internacional invoice
Escrito por Atendimento Classe A no maio 18, 2022 em Blog

NEM TODO MUNDO SABE DISSO!

Invoice é assim: Abriu sua empresa e vai vender para pessoas físicas ou pessoas jurídicas que estão no exterior? Então aproveite essa jornada!

Nesse texto você vai descobrir, dentre outras coisas, sobre:

  • O que é uma invoice;
  • Como o câmbio de moedas influencia;
  • Quais os impostos envolvidos;
  • E como preencher uma invoice;

 

A invoice é um documento tal qual uma nota fiscal e, portanto, tem a mesma relevância e valor jurídico que uma NFS-e, NFC-e ou NF-e.

Conhecida também como Invoice Internacional ou Comercial Invoice, ela é usada em transações comerciais internacionais em que o valor envolvido seja igual ou superior a US$ 3 mil dólares.

Caso a transação seja feita entre pessoas e empresas que estão em países que usam outra moeda, em vez do dólar, a exigência da invoice será atrelada ao câmbio da moeda, no qual o valor seja equivalente a US$ 3 mil dólares.

Portanto, se você quer evitar problemas com a Receita Federal, contrate um escritório de contabilidade especializado em invoice. Para saber mais, continue lendo como gerar uma invoice, o que preencher, quais taxas e impostos pagar, etc..

 

Como Preencher Uma Invoice?

Embora não seja obrigatória a emissão de uma invoice em todos os casos, aconselha-se sempre que seja feita para valorizar a governança, manter os controles da sua empresa, e evitar eventuais transtornos com órgãos fiscalizadores de ambos os países.

Tradução em inglês do que é uma invoice

Também é de bom tom que a invoice seja redigida no idioma do seu cliente, ou em inglês, o que deve facilitar a compreensão. E então, logo após seu preenchimento, não esquece de emitir três vias de igual teor, com seu carimbo e sua assinatura.

Em termos gerais, a invoice deve constar os campos abaixo, mas cada região tem uma regulamentação diferente. Sendo assim, a melhor escolha é procurar a prefeitura da sua cidade ou falar com especialista contábil clicando aqui.

  • A data de emissão;
  • O número do documento;
  • O nome e endereço completo de quem está cobrando;
  • O nome e endereço completo de quem está comprando;
  • A descrição completa da mercadoria, ou do serviço prestado, sem esquecer de informar a Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM);
  • O tipo de transporte que será utilizado;
  • O local de embarque e de desembarque do produto;
  • Além do peso bruto, peso líquido e a quantidade;
  • O preço unitário, na moeda negociada, e o valor total da negociação;
  • A forma e o canal de pagamento;
  • Incoterms (Termos Internacionais de Comércio);
  • E a assinatura do emissor da invoice.

 

Quais os Impostos Envolvidos Nesse Processo?

O pagamento é feito por intermédio de bancos tradicionais ou de plataformas especializadas nesse tipo de serviço e comércio exterior. Portanto, é importante ter atenção com os impostos.

Em relações comerciais internacionais, a sua empresa é isenta de pagar os tributos municipais e estaduais, tais como o ISS e o ICMS. Mas ela será tributada com o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras) e, dependendo da natureza da transação, pode haver a cobrança do Imposto de Renda.

 

Resumindo, nesse texto você leu sobre:

O que é uma invoice e qual atenção tomar na hora de preenchê-la. Também leu sobre os impostos envolvidos nas transações internacionais que demandam o documento, bem como quando emiti-la e a importância de acompanhar o câmbio de moedas para preenchê-la e evitar problemas com órgãos fiscalizadores.








    Procurando Escritório de Contabilidade Especializado?

    Clique em um dos botões abaixo para falar com um de nossos especialistas.

    Deixe seu comentário