IR
Escrito por Atendimento Classe A no abril 8, 2022 em Blog

Nesse texto você vai descobrir, dentre outras coisas, sobre:

  • Qual o prazo para declarar o IR 2022;
  • Quem está obrigado a Declarar o IR 2022;
  • Quais são as despesas dedutíveis do IR 2022.

O período de Declaração do Imposto de Renda, que este ano já começou e vai até 29 de abril foi prorrogado para até 31 de maio de 2022. A expectativa é de que 34,1 milhões sejam enviadas até o final do novo prazo.

Primeiramente é importante lembrar que a declaração do IR 2022 se refere ao ano/calendário 2021. Senso assim, quem atrasar ou porventura não conseguir cumprir o prazo, terá de pagar uma multa de 1% sobre o imposto devido, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

Desta forma, de acordo com as regras, estão obrigadas a apresentar a Declaração de Ajuste Anual os cidadãos que tiveram, em 2021, rendimentos tributáveis com valor acima de R$ 28.559,70.

Clique aqui para saber quais são os casos que indicam a necessidade da declaração!

Mas, afinal, quais despesas realizadas em 2021 podem ser abatidas do IR 2022?

Desse modo, abaixo listamos os 7 tipos possíveis de abatimento do IR! Assim, fique atento às despesas com:

Dependentes

Aos que fizerem a declaração do IR 2022 completa poderá abater até R$ 2.275,08 reais por cada dependente incluído na declaração.

Educação

O limite máximo de despesas com educação é de 3.561,50 reais na declaração completa. Podem ser abatidos gastos com ensino técnico, fundamental, médio, superior, pós-graduação, mestrado e doutorado.

Necessidades Médicas

Para a dedução dos gastos com saúde, não existem limites de valor, sendo que os gastos podem ser do declarante ou dos seus dependentes. Porém, é importante ressaltar que nem todas as categorias de despesas médicas podem ser deduzidas da base do Imposto de Renda 2022.

Fazem parte da lista de gastos dedutíveis, por exemplo: exames, consultas, aparelhos, próteses  e planos de saúde.

Despesas com teste da Covid-19 permitem dedução no Imposto de Renda 2022!

Doações incentivadas

As contribuições a instituições que se enquadram nas regras de doações com incentivos fiscais podem ser deduzidas da base do imposto de renda a pagar, sendo a dedução máxima de 6% do IR devido.

Sendo assim, as doações incentivadas somente serão consideradas dedutíveis se forem feitas para:

  • Fundo municipal, estaduais, distrital e nacional da criança e do adolescente, que se enquadre no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA);

  • Fundos municipais, estaduais, distrital e nacional que se enquadram no Estatuto do Idoso; projetos aprovados pelo Ministério da Cultura e enquadrados na Lei de Incentivo à Cultura;

  • Projeto aprovado pelo Ministério da Cultura ou pela Agência Nacional de Cinema e enquadrado na Lei de Incentivo à Atividade Audiovisual;

  • Projetos aprovados pelo Ministério do Esporte e enquadrados na Lei de Incentivo ao Esporte.

Pensão judicial

Não há um teto, contudo, para dedução de pensões determinadas judicialmente. Porém, pensões realizadas de forma informal não se enquadram nas despesas dedutíveis do IR 2022.

Contribuições à Previdência Social

Poderá ser deduzido da base de cálculo do imposto de renda todas as contribuições destinadas ao INSS, seja como trabalhador formal ou autônomo, suas ou dos seus dependentes. Nesse sentido, não há limite de valor.

Entretanto, é preciso ter recebido rendimentos tributáveis suficientes ao longo do ano passado que o obriguem a declarar o IR em 2022.

Contribuição a planos de previdência privada

Limitado a 12% dos rendimentos tributáveis, quem possui um plano de previdência privada na modalidade Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL) ou para o fundo de pensão oferecido pela empresa pode enfim, realizar a dedução das contribuições feitas ao longo de 2021.

Resumindo, nesse texto você leu sobre:

Em síntese, o prazo para declarar o Imposto de Renda 2022 foi adiado e será finalizado em 31 de maio. Sendo que a declaração efetuada esse ano, se refere ao calendário do ano passado. Contudo, quem não declarar pagará multa. É possível deduzir o IR com comprovações de despesas com dependentes, médicas, educacionais, doações incentivadas, planos de previdência privada, previdência social e pensão judicial.








    Procurando Escritório de Contabilidade Especializado?

    Clique em um dos botões abaixo para falar com um de nossos especialistas.

    Deixe seu comentário